Porto Alegre | RS
51 3024.2064
Florianópolis | SC
48 3226.1616

treinar@treinar.com.br
Biblioteca

Ser ou Estar Vendedor, Eis a Questão.

Com certeza, a grande maioria dos profissionais que trabalham em vendas, não planejou esta carreira quando era jovem ou cursava a faculdade. Pelo menos, este é o resultado das minhas pesquisas quando ministro palestras e cursos de vendas. Sempre que faço a pergunta: Quem planejou ser vendedor aqui? Poucos levantam o braço. Ao investigar mais este fato nos trabalhos de consultoria ou coaching que desenvolvo em áreas comerciais de diversas empresas, percebo que muitos dos profissionais da área dizem que estão ali de passagem até voltar para sua área de origem, para pagar a faculdade, porque não conseguiram outro trabalho, ou outra razão qualquer. Resumindo, estão vendedores, não são vendedores. Muitos, ao entrarem na área de vendas, descobrem sua verdadeira missão, satisfazer o cliente e ser bem remunerado por isto. Pergunte aos profissionais de vendas bem sucedidos se eles estão arrependidos de entrarem nesta profissão, apesar de não terem planejado? Quando faço esta pergunta nas palestras, ninguém levanta a mão. Certamente, alguns não levantam a mão por constrangimento, mas a verdade é que a função de vendedor é a única na empresa, com exceção dos sócios, cuja a maior parte de sua remuneração vem do resultado do seu trabalho. Quem vende mais ganha mais. Em pesquisas nos EUA, há mais milionários oriundos da atividade de vendas do que médicos.

Por que faço todas estas considerações? Porque tenho percebido que os profissionais de vendas que têm sucesso são aqueles que SÃO vendedores e não aqueles que ESTÃO vendedores. Para ser um vendedor tem que encarar a atividade como uma carreira, desenvolver-se continuamente, ter automotivação e persistência, buscar e aproveitar as oportunidades e ter a capacidade de superar as adversidades que estão no seu caminho todos os dias. O campeão de vendas não se abate com as dificuldades, ao contrário, serve de combustível para novos desafios e, também, não espera a empresa ou o seu gerente dizer o que fazer, ele tem proatividade e ambição de querer sempre mais e melhor. Ele é bem informado, está atento às novidades, qualifica-se continuamente, desenvolve as habilidades que ainda não têm, aprimora ainda mais seus pontos fortes, pois estes serão seus diferenciais e sua marca registrada, mantém uma rede de relacionamento ativa e cada vez mais ampla. Não basta adicionar novos amigos no seu perfil do Facebook, se você não cultiva seus amigos. O campeão de vendas á aquele que não pensa no financeiro como objetivo da venda, e sim como resultado de um trabalho bem feito. Pensando desta forma, ele faz um excepcional trabalho de pós venda, ligando para o cliente, preocupando-se com ele, enfrentando problemas, buscando soluções, não escondendo-se quando o cliente mais precisa.

Aqueles que estão vendedores querem retorno imediato, pensam somente no lado financeiro, somem depois da venda, fogem dos problemas, buscam permanecer em uma zona de conforto perigosa e letal e não crescem. Ainda há tempo, assuma o controle de sua vida e mude. Encare a atividade de vendas como uma carreira de sucesso e torne-se um vendedor campeão. O mercado está ávido por este profissional e está remunerando muito bem.

Paulo Gerhardt é autor do livro Coaching de Vendas – Conduza seu Cliente para a Solução e Venda Mais (www.treinar.com.br), onde propõe mudanças de paradigmas na abordagem tradicional de venda para contornar as principais dificuldades, satisfazendo o cliente e vendendo mais.